Dicas

Como escolher uma entretela?

São três os fatores que devemos levar em consideração quando escolhemos entretelas:

O tipo de tecido que será entretelado, pois as diferenças existentes entre os diversos tipos de tecidos tais como peso, composição, índice de encolhimento, acabamento, composição química, reação ao calor e outras, requerem diferentes tipos de entretelas. Para isso, as entretelas devem possuir diferentes pesos, elasti­cidades e adesivos.

A função que será entretelada, ou seja a parte da roupa que receberá a entretela. Pode ser uma grande área, como uma frente de paletó, ou uma pequena área, como colarinho de camisa e cós de calça. Fun­ções diferentes requerem entretelas diferentes.

Toque & Caimento que queremos oferecer à peça confeccionada. Se queremos uma peça mais leve e desestruturada devemos trabalhar com uma entretela mais leve. Se procurarmos algo mais pesado e estruturado devemos trabalhar com uma entretela mais pesada. Condições climáticas, estilo e modela­gem definem o toque e caimento desejado.

Após a escolha da entretela, recomendamos sempre a realização de seus próprios testes de aplicação para verificar se todos os itens estão satisfatórios: adesão, caimento, comportamento após lavagens, etc.

Como entretelar corretamente?

Mesmo após a escolha da entretela correta, no momento do corte, devemos fazer com que o sentido da ourela da entretela acompanhe o sen­tido da ourela do tecido.

Em se tratando de entretelas termocolantes, devemos seguir cuidadosamente as condições de fusionamento indicadas pelo fabricante, que são: tempo, temperatura e pressão. A termocola­gem pode ser efetuada utilizando-se esteira, prensa elétrica, ferro industrial ou ferro caseiro.

Para aqueles que utilizam o ferro de passar na entretelagem, um bom resultado só é conseguido caso a entretelagem seja feita por partes, NUNCA se deve passar a entretela, mas sim, aplicando por partes (correto), assim estaremos respeitando as condições de tempo e pressão necessários para a entretelagem.

É fundamental que estes 3 itens TTP ( temperatura, tempo e pressão ), caminhem juntos, para que se obtenha uma perfeita qualidade de fusionamento.

Temperatura: para cada tipo de adesivo existe uma temperatura ad­equada e específica.

Tempo: é o tempo em que o tecido e a entretela permanecem na zona de fusão. Este tempo pode variar de acordo com o adesivo.

Pressão: é necessário uma pressão durante a aplicação da entretela ao tecido, independente se for com ferro ou com prensa.